facebook Email PT EN

Museu da Farmacia

A Botica do Real Convento de Thomar

Convento de Cristo - Tomar
Inauguração no dia 8 de Julho às 12h


Numa parceria inédita com o Museu da Farmácia, Palácio Nacional de Mafra, Museu Nacional do Azulejo e Instituto Politécnico de Tomar, entre outras colaborações científicas e técnicas, o Convento de Cristo convoca o público para uma fascinante descoberta da história da Real Botica e do seu acervo, contribuindo para o conhecimento da história da farmácia conventual em Portugal, assim como do universo místico da cura conventual.

A exposição reúne peças oriundas de diversas instituições nacionais, numa abordagem inovadora que apela a uma leitura alargada quer ao nível disciplinar, quer espaço temporal da Botica, Enfermaria e seu acervo, projetando-se na contemporaneidade.

A reveladora coleção de vasos e potes da Botica do Convento de Cristo, com origem provável na Real Fábrica de Louça, ao Rato, em Lisboa, e na Fábrica de faiança do Juncal, e que agora se expõe, evoca o vasto espólio de peças reunidas pela União dos Amigos dos Monumentos da Ordem de Cristo (UAMOC) nas primeiras décadas do século XX.

Esta mostra permite, igualmente, uma viagem à Ala Filipina, sua grande Enfermaria e Botica Nova, derradeira intervenção de grande vulto neste Convento (Séculos XVII e XVIII), que se encontra encerrada ao público.

Do seu esplendor, destaca-se o magnifico teto, espaço e vista da Sala dos Cavaleiros, atestando o glorioso passado do Monumento, também residência real, e a sumptuosidade da sua Botica.  

A viagem alarga-se aos quotidianos religiosos da comunidade de frades que habitavam o Convento de Cristo, onde exercitavam saberes para curar irmãos e populações vizinhas, demonstrando o impacto que tiveram numa região que ainda hoje conserva a sua memória.
 
A exposição é inaugurada no dia 8 de Julho às 12.00h.

Estará patente até ao dia 3 de Julho de 2017